Formação dos advérbios

  • Os advérbios modificam um verbo, um adjetivo ou outro advérbio, e são invariáveis em gênero e número. Podem indicar tempo, lugar, modo, quantidade, afirmação, negação, dúvida, etc:

Laura parla portoghese lentamente. (modo)
Laura fala português lentamente.

Maria, viene qui! (lugar)
Maria, vem aqui!

Hai caldo adesso? (tempo)
Você está com calor agora?

Mi piace molto. (intensidade)
Agrada-me muito.

  • Na língua falada, um advérbio pode modificar um substantivo:

Sabrina è molto amica di Paola.
sabrina é muito amiga de Paola.

  • Os advérbios e locuções adverbiais podem ser formados:

Pela adição do sufixo "-mente" ao radical de um adjetivo, em especial se o adjetivo terminar em "-ale", "-ile" ou "-are":

Formação dos advérbios
    (*) há exceções, como:

    buono (bom) - bene
    cattivo (mau) - male
    leggero (leve) - leggermente
    violento (violento) - violentemente

  • Por um adjetivo:

parlo sicuro (= parlo sicuramente)
vivo tranquillo (= parlo tranquillamente)
mangio lento (= mangio lentamente)

  • Por um adjetivo acompanhado da preposição "di":

di nuovo (= nuovamente)
di recente (= recentemente)

  • Por uma forma própria, sem derivar de adjetivos:

ancora - ainda
qui - aqui
bene - bem
contro - contra
dentro - dentro
dietro - atrás
dopo - depois
fuori - fora
forse - talvez
già - já
insieme - junto
oltre - além
presto - logo
sempre - sempre

  • Pela raiz de um substantivo ou verbo acrescida do sufixo "-oni":

ruzzoloni - rolando
bocconi - de bruços
ginocchioni - de joelhos
tastoni - às cegas
penzoloni - dependurado

  • Observação - geralmente, quando um advérbio modifica um adjetivo ou outro advérbio, ele é colocado antes:

veramente competente
relativamente lento
stranamente leggero

Siga-nos

Newsletter

Receba nossa newsletter. Inscreva-se aqui