Verbo: verbos irregulares

Muitos verbos são irregulares, sofrendo alterações em seu radical (o elemento que exprime a ideia geral da palavra) ou em suas desinências. Os verbos a seguir, conjugados no indicativo presente, são exemplos de verbos irregulares:







  • "Rimanere" e "salire" tem a letra "g" colocada entre o radical e a desinência, na primeira pessoa do singular e na terceira pessoa do plural:  



  • "Tenere" e "venire" tem a letra "g" colocada entre o radical e a desinência, na primeira pessoa do singular e na terceira pessoa do plural, e da letra "i", na segunda e terceira pessoas do singular:



  • Verbos que terminam em “–gliere” alteram a partícula "gl" do tema por "lg", na primeira pessoa do singular e na terceira pessoa do plural:               



  • "Morire", "sedere" e "udire" tem o radical modificado:

            

Siga-nos

Newsletter

Receba nossa newsletter. Inscreva-se aqui