Pronome pessoal complemento direto

O pronome objetivo direto nunca é precedido de preposição e assume a função de objeto direto (recebe a ação expressa pelo verbo). Um pronome pode substituir desde um termo até uma frase inteira:

Studio la lezione. Io la studio.
Eu estudo a lição. Eu a estudo.

No exemplo anterior, o pronome "la" ocupa o lugar de "la lezione".

So che in Italia il calcio è lo sport nazionale. Io lo so.
Eu sei que na Itália o futebol é o esporte nacional. Eu o sei.

No exemplo anterior, o pronome "lo" ocupa o lugar de "che in Italia il calcio è lo sport nazionale".

Formas dos pronomes objetivos diretos  


             * A capitalização indica a forma de cortesia.

Posição dos pronomes objetivos diretos

  • Os pronomes com função de complemento direto são colocados normalmente antes do verbo:

Perché non li inviti?
Porque você não os convida?

Cerco il mio passaporto. Io lo cerco.
Procuro o meu passaporte. Eu o procuro.

  • Quando há dois verbos, ou quando o verbo estiver no infinito, gerundio ou imperativo, o pronome é colocado após o verbo, formando com ele uma só palavra:

Posso mangiare il formaggio. Posso mangiarlo.
Posso comer o queijo. Posso comê-lo.

Studiando la lezione si impara. Studiandola si impara.
Estudando a lição se aprende. Estudando-a se aprende.

Studiate la lezione. Studiatela.
Estude a lição. Estude-a.

  • Com os verbos "potere", "dovere" e "volere", seguidos de um infinitivo, o pronome pode ser colocado antes do verbo ou anexado ao infinitivo:

La devo vedere.
Devo vederla.
Devo vê-la.

Ti voglio invitare.
Voglio invitarti.
Quero convidar-te.

Lo posso aiutare.
Posso aiutarlo.
Posso ajudá-lo.

Nas formas negativas, o termo "non" precede o pronome:

Io non lo posso aspetare
Eu não posso esperá-lo.

Siga-nos

Newsletter

Receba nossa newsletter. Inscreva-se aqui